terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Último passeio de 2009

Passeio destinado a combater os excessos de Natal, cinco Preguissas e um Ucc partiram em direção a Valongo para mais uma incursão pelas famosas pontes.


O tempo estava agradável para andar de bike, isto é, não choveu, estava frio e vento mas depois das primeiras pedaladas o frio desapareceu, digno de realce sómente a queda do Domingos, pois não está habituado ao monte e a bike também não ajuda, valeu que foi a subir e ficou-se só pela pancado no joelho, no entanto foi suficiente para o pôr a saltar durante alguns minutos.


Como informação, fica registado que as pontes se encontram intransitáveis, com as recentes cheias algumas simplesmente desapareceram, outras não oferecem segurança.



Para o próximo Ano, espero uma maior participação dos Preguissas, quer na assíduidade aos passeios quer na participação do blog. Estava aqui a pensar que se devia fazer um Jantar (almoço) de Natal todos os domingos... Sempre aparecia mais gente...


Para o próximo domingo podíamos agendar o reconhecimento dos trilhos para o S. Gonçalo, afinal o dia 24 está a chegar e é preciso provar o vinho e as papas...as chouriças e os rojões... as bifanas e o bacalhau...


segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Último Passeio dos Preguissas...

Vejam aqui a qualidade técnica dos Preguissas presentes, assim como os excelentes trilhos e a festa que é cada passeio...
http://www.youtube.com/watch?v=v3nkzjACUG4

domingo, 20 de dezembro de 2009

Muita parra e pouca uva....

Olá a todos

Como de costume e como estamos habituados o grupo dos preguissas tem mais garganta do que outra coisa .....
Tivemos o jantar do Natal no restaurante S. Romão correu ás mil maravilhas e nesse jantar ui......ui....ui... aquilo era falar na Serra da estrela , ir a Fátima , a Santiago de Compostela era um fartote, para mim o vinho era muito bom, mas enfim , aquilo mais parecia um grupo de políticos do que um grupo de ciclistas, aqui está a prova disso:





Mas só ficaram pelas promessas porque no Domingo seguinte como combinado nesse dia por todos , a hora marcada ás 8h da matina no café S. Romão só apareceram 2 preguissas , sim , não se enganaram a ler .....de 11 ou 12 preguissas só apareceram 2 bravos e destemidos preguissas de nome : Posta e Vasco King quem mais para representar o famoso grupo de Btt denominado preguissas.....entretanto surgiu mais um preguissa um pouco atrasado , mas ao menos apareceu , de nome Renato Mekanico.
Foi uma volta porreira com muitas peripécias e aventuras , no final da volta lá apareceu no tasco um preguissa desculpado pela infelicidade da lesão ( Gil ) e mais dois com o cheiro ao repasto ( Guaximin e Marco scott).
De salientar ao grupo do UCC a forte adesão ao passeio e não ter medo do frio e um forte abraço a todos os preguissas que ficaram na cama , dá-me a impressão de um " deja vu" do Marco Fortes, de manha é na caminha....
Aqui está um vídeo para apreciarem.....


sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

BOAS FESTAS

Bom Natal E um Bom Ano, para todos os Preguissas e família.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Elementos para o jantar de Natal

Os elementos já confirmados são:

1. Posta
2. Berto Kelhas
3. João Kelhas
4. Rui Tavares
5. renato Mekânico
6. Guaximin
7. Vasco King
8. Vasco Mad Max
9. Maike Kelhas

Aguardo confirmação pelo elemento Kim Diesel
Se houver mais alguem interessado que diga....
Entretanto vou marcar mesa para 10 e marco também o prato a gosto de todos.

Abraço

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Convivio saudável... fotos

(clicar nas fotografias)
A espera dos tresmalhados.

A descidas para as pontes, e um Guaximim empanado...



Transposição das velhas pontes escorregadias, medo e sobressalto...


1º Posto de abastecimento de sólidos e liquidos.


Convívio saudável.....

Domingo 13-12-2009

Mais um belo dia para a malta se juntar e confraternizar e fazer aquilo que mais gosta ( bem....uma das coisas que mais gosta porque outras é claro....)
Elementos presentes , bastantes....

Preguissas:
Posta , Kim diesel , Mekanico , Vasco King , Mad Max , Maike e Guaximin

UCC:
Berto Moura , Helder Carneiro , Mário Fernandes , Henrique , Lando e Guaximin (gémeo)

Porto:
Xico e mais dois amigos que não sei o nome

Hora de saída 8:00 do café S.Romão , não sei porque mas sair mais cedo aproveita-se melhor o dia, saímos em direcção a Valongo , como já estava previsto , saímos a todo gás , bem....quem estava com frio ao inicio aos 2 km já lhe apetecia ir até á praia e tomar um banhinho fresquinho....

Já em alfena subimos pelo jardim S. Lázaro em direcção ao marco geodésico , para alguns já conhecido mas para a malta dos UCC novidade completa ( mais ou menos 5 km sempre a subir com um piso cheio de pedra tipo calçada portuguesa mas de difícil passagem, muito dura para quem anda pouco de bike).
Em plena subida , com um ritmo agradável de ser feito e já quase no marco geodésico , demos falta de dois elementos do grupo , que não sei porque carga de água foi que lembraram-se de seguir outros betetistas que se cruzaram e já um pouco longe da rota traçada constatarem que afinal se tinham perdido do grupo , mania de ficarem para trás , não percebo.....

Bem....com o frio que estava e cerca de 15 minutos á espera deles dois, deu para pormos a conversa em dia tirar umas fotos, apreciar a paisagem e fazer uns telefonemas para apressar o lanche , porque andarmos com a malta da Ucc ninguém passa fome nem sede.....rsrsrrsrsrs
Enquanto isso andava o King feito tolinho atrás dos foragidos....

Quando chegaram ao grupo já se tinha alterado o itinerário porque o relógio não para e fomos logo directos para as famosas pontes de Valongo , fizemos um reconhecimento prévio e lá nos aventuramos com muita precaução porque o tempo tinha degradado algumas traves e outras estavam completamente cheias de verdete , percurso muito técnico mas fácil de transpor.
Lá fizemos mais ou menos bem , com uns sustos pelo meio e com uma queda que deixou marcas no elemento do grupo do Xico , já agora rápidas melhoras para ele.

Aqui fica o registo possivél:

No final das pontes a fome apertava e tivemos de ir retemperar forças a um estaminé conhecido por alguns , morfamos umas fevêras e um líquido avermelhado que já nos é conhecido pelas suas qualidades energéticas e calóricas.

Na saída do estaminé indecisões sobre o caminho a tomar e decidimos alinhar pela serra que vai dar a Alfena com três subidas com cerca de 18% de inclinação , que quase se vira para trás em cavalinho e lá fomos com destino ao ponto de saída bem....para alguns esse trajecto foi feito num ápice para outros mais lentamente mas chegamos todos bem ao final.

Como foi num ápice tudo aquilo que tínhamos ingerido tinha sido gasto pelo organismo e tínhamos novamente de retemperar forças pois elas estavam muito em baixo, coisa pouca....

Já só com os resistentes desta empolgante aventura decidimos fazer uma rota gastronómica pelos estaminés do Vale do coronado e apreciar os petiscos cá da nossa terra , aos que não foram não sabem o que perderam.

Venha a próxima.....

Melhoras para o elemento ferido em combate e para o nosso amigo Gil que deve estar quase pronto para entrar na lides novamente.

Abraço a todos

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Passeio de Domingo

Pessoal dos preguissas e estradistas....

Este domingo fomos convidados, devido á nossa larga e longa experiência no Btt a levar a malta da Ucc a Valongo ( ás pontes) para sairmos um pouco do nosso quintal e para eles conhecerem melhor aquela zona, porque parece-me que eles estão a gostar da experiência de andar no monte.
Daí que proponho , para gozarmos bem os trilhos e nas calmas , como ia dizendo, proponho e determino a saída no Domingo ás 8:00h no café S. Romão, quem quiser ir será bem acolhidos por todos, quem não quiser será na mesma....

Ponto de encontro de ambos os grupos: CAFÉ S: ROMÃO ÀS 8:00 da Manha...

Não se atrasem porque devemos ser pontuais.....

Não sei se disse mas é ás 8:00 horas a saída no café S.Romão

Que não aconteça como a volta de Guimarães......

Boas pedaladas...

Passem a palavra

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Descida do Marão

Caros amigos,

No dia 19 de Dezembro (sábado), o grupo BTTALFENENSE, vai fazer mais uma descida da Serra do Marão. Trata-se de um passeio completamente informal e em autonomia total, com uma extensão de cerca de 23 Km. Dificuldade fisica e técnica média.
Serão efectuadas algumas paragens para reagrupamento.
Uma vez que conseguimos transporte para bikes e betetistas (ida e volta) estamos a convidar-vos a participar.

O preço do transporte é de 10€. Dado que os lugares são limitados, apenas 16 disponíveis, só se fazem reservas após comprovativo do respectivo pagamento.
(Pagamento atravéz NIB: 0007 0415 00081470006 18. Envio do comprovativo para bttalfenense@sapo.pt)

Programa:
- Concentração no Café Sagitárius (junto aos correios de Alfena) pelas 7h30m. A saída em direção ao
Marão pelas 8horas.
- Ínicio da descida cerca das 10horas, com chegada prevista a Gondar pelas 12h45m.

Caso seja intenção de todos os participantes, no final da descida haverá um almoço convivio num restaurante local.
Uma segunda hipótese será o regresso a Alfena após a chegada a Gondar.


Cumprimentos

Paulo Miranda

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Dia 18 de Dezembro Jantar de Natal ONDE???

Vamos lá dar sujestões para o restaurante.
E começar a dizer mesmo quem vai, para ver se não falta avisar ninguem



Abraço

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

"Jantar de Natal"

Fica aberto um topico para um possivel jantar de Natal de "Us Preguissas"
Por favor fazer sujestões


Abraço

domingo, 6 de dezembro de 2009

"Passeio dos fantasmas"

Manhã chuvosa, 8.00 horas, saio de casa preparado para enfrentar o mau tempo, a estrada nac. 14 estava deserta, durante a semana está entupida de trânsito, com a chuva a cair, rumo a S. Romão, ao encontro dos Preguissas, até lá uma sessão de acupunctura, tal era a sensação da chuva a bater na cara.
Já a chegar, ao passar o café S. Romão pareceu-me ver a bike do Guaximin..., deve ter sido alguma ilusão de óptica, este animal não costuma sair da toca em dias de temporal.
Ou então saiu...

Os poucos automobilistas que passavam, olhavam-me com cara de espanto, só um maluco para andar de bicicleta com este tempo.




8.15 horas, chego ao local de encontro, à porta do Camelós, já se encontravam os Preguissas habituais, com as bikes abrigadas da chuva e em amena cavaqueira, acontecimento ideal para uma fotografia, a comprovar a presença e a pontualidade.


Depois de retemperar as forças com o pequeno-almoço, preparamo-nos para arrancar em direcção ao monte, para mais uma tentativa de descobrir o single-track desaparecido.
Hoje, atendendo ao elevado nº de presenças, não faço referência aos nomes dos Preguissas, cada um saberá que esteve presente, subimos então em direcção a S. Miguel Anjo para constatar o estado dos trilhos e apreciar a beleza dos montes no Inverno.
As primeiras rampas deram para aquecer, e esquecer a humidade que começava a passar os impermeáveis, a água era muita e o vento também marcava presença e dificultava o andamento.

A família Quelhas, aqui bem representada com 3 dos seus elementos, seguia a bom ritmo monte acima, quando uma avaria quebrou o andamento e atrasou o grupo.

Problema resolvido com a habitual habilidade do Mekánico, que não deixa os seus créditos em mãos alheias. Bikes montadas e retomamos a volta delineada, subindo o monte, para depois descermos o single-track prometido pelo Gil, tinha de ser hoje...


Atravessamos a estrada e começamos a descer em direcção a Alfena, descida muito técnica a requerer muita atenção, a chuva e o vento aliada à velocidade atingida dificultava a tarefa, mas tudo correu bem, aproveitamos a paragem para lanchar e por a conversa em dia.

Sem saber como, a conversa centralizou-se no próximo mundial de futebol, elucidativa, a imagem, da troca de ideias entre eu e o Vasco, já com cara de poucos amigos, mas tudo ficou sanado com a partilha de mais um petisco desconhecido.
Saciados, deliberamos sobre continuidade do passeio, continuamos para Valongo ou para Covelas, optou-se pela 2ª hipótese, pois não era tão exigente.

Mais uma vez ficou registado o ritmo elevado deste passeio, apesar das dificuldades visíveis, pedra solta e escorregadia, o King, com a habitual teimosia, não deixou passar ninguém e manteve-se a emperrar os mais rápidos.
No entanto a boa disposição reinava no grupo, uma breve paragem para reagrupar e fazer a última dificuldade do dia.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Temos que participar...

Realiza-se no dia 24 de Dezembro, um passeio de BTT na nossa terra, organizado pela associação recreativa e cultural "Os malandros". O objectivo deste passeio é a luta pela liberdade de expressão corporal e o convívio em cima das bikes. Os únicos requisitos para participar no passeio são: bicicleta com selim, utilização de capacete, sapatos e luvas, todo o resto do equipamento é opcional. A inscrição é gratuita. No final do passeio é oferecido um banho com massagens para confraternização entre os atletas.

domingo, 29 de novembro de 2009

Espírito Btt.....

Isto do espírito desta modalidade não é para todos.....

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Força Posta

Desejo boa sorte e que tudo corra bem.

OCEAN'S ELEVEN

Mais uma volta concluída pelo nosso quintal, 11 Preguissas presentes, um nº aceitável para esta época com frio, chuva e muitos lagos com água e lama.

Convém alertar alguns Preguissas reincidentes que o horário de saída está marcado para as 8.30h, e alguns chegam às 9.00h. Para quem chega às 8.00h ter de esperar uma hora pelos atrasados não é muito simpático e aumenta o consumo de calorias e despesas.


Atendendo então ao elevadíssimo número de Preguissas presentes, torna-se necessário fazer referência aos mesmos; Eu, Posta, Gil, Mekánico, Tavares, King, Marco e a família Quelhas, sem o mais velho, este está a hibernar...

Saímos então às 9.00h com o Gil à frente do pelotão, com o objectivo de passar em frente a casa para o pai ver que ainda sabe andar de bicicleta.

Segundo objectivo, descobrir um trilho de single-track que ficou por descobrir na semana anterior, tentativa frustrada pois o tal trilho teima em não aparecer, descobriu-se mais uns caminhos com paredes para subir com a bike às costas, ali para os lados de S. Miguel-o-Anjo e Alfena, no entanto valeu pelas descidas técnicas e pelos perdigueiros dos caçadores, que mostraram muito entusiasmo à nossa passagem.

Já em Alfena, passou o Posta para a frente do pelotão, para nos presentear com uma subida antes de entrar novamente nos montes, presenciámos mais um episódio com um cão ainda sonolento ou cego que à nossa passagem bateu com a cabeça no portão, tal era o entusiasmo, dantes era com as mulheres, agora é com os cães...


Atravessámos a estrada e entramos nos montes de Covelas, mais uma subida e parámos nas traseiras do aérodromo para o já famoso lanche, além do arremesso das cascas de banana para as árvores e do deita abaixo posterior, o Vasco Quelhas deu a oportunidade de provar a alguns, um petisco muito saboroso mas desconhecido, o aspecto... É melhor não dizer nada.


Contornámos o aérodromo e descemos uns trilhos velozes e dificeis de fazer com pedras soltas, lama e alguma água, dada a monotonia do momento o The King, não se fez rogado, atirou-se e teve sorte, a aterragem foi macia, deixando sómente sujidade no equipamento mas rapidamente retirada no fontanário de Vilar de Luz.

Mais uma descida com muitas pedras e o tradicional furo do Mekánico, problema acrescido quando se verificou que não havia câmaras para V5 com pino fino; cola remendos e lixa, problema resolvido. Continuamos em direção a covelas para fazer a penúltima diversão do dia:

" a descida" - Longa, escorregadia, técnica, boa, perigosa, com curvas, com um grande rego, silvas e um banho no fim... deixa marcas em alguns...
Relaxados, cansados mas satisfeitos, regressámos por estrada para a última diversão do dia, a lavagem da bike, o presunto com regueifa e as minis fresquinhas, no café S.Romão, e mais 8.5km para fazer até casa.

sábado, 21 de novembro de 2009

Pequena Tempestade

Mas
Domingo, 22 de Novembro 16ºC
12ºC


Aguaceiros fracos
Vento moderado
Estado do mar
5-6 m de altura
Temp. da água 17ºC
Dir. das ondas NW Aguaceiros fracos
Vento fraco
Estado do mar
5-6 m de altura
Temp. da água 17ºC
Dir. das ondas NW

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

"Sem Tempestade"


Aqui fica o tempo para o proximo Domingo.


Domingo, 22 de Novembro 16ºC
11ºC Céu pouco nublado 31% Fraco

domingo, 15 de novembro de 2009

Tempestade simulada.....

15-11-2009



Excelentes condições para a prática do Btt, preguissas envolvidos nesta aventura só os Bravos do pelotão Posta , Gigi , Vasco King e o destemido João Kelhas ( este último fez ver os restantes elementos da família.... dos restantes elementos só compareceram no telemóvel.....



Partida do sítio do costume em direcção ao monte de S. Miguel-o-Anjo, decidimos fazer alguns caminhos novos, para ver o que dava, como eu estava presente a malta ficou descansada....rsrsrsrsr



Ainda não tínhamos passado a casa do Gigitínhamos de tirar algumas peças de roupa porque além da chuva e do muito vento que se fazia sentir estava muito calor e o ritmo era puxado.

Não fazendo o percurso habitual perto do bairro fizemos um ligeiro desvio á direita....uiuiuiuuuu

era trilhos de pedra solta, eram raízes no meio dos trilhos, era calçada portuguesa da brava, era tanques no meio e nós sempre a subir , fomos dar a meio do outro trilho já conhecido, vá lá não foi muito mau.....

Já na estrada viramos á esquerda em direcção a agua longa, descidas radicais mas é preciso muita perícia e muito cuidado a meio mais um caminho novo ( muito fixe já agora ), fomos dar á rotunda de alfena, perto da BP.

Entramos no jardim S. Lázaro toca a subir , a meio encontramos três guerreiros , como nós , que estavam meios perdidos e queriam ir ao marco geodésico de alfena, lá os fomos levar lá acima.



Pelo caminho avistamos muito povo que não é como o nosso, lá se via malta a andar de bike nos vales, não como a maioria da nossa malta que gosta é de andar é nos vales dos lençóis....(pequeno aparte).

Chegamos lá acima e avistamos um segundo Cristo Rei....como demonstra as imagens seguintes:























Após umas breves fotos e vídeos combinamos retornar não pelo mesmo caminho mas sim pelos caminhos dos malhos do Gigi....

Falar é bonito mas quando se chega á prática foi o caneco.....descidas que só de para-quedas,caminhos eram aos montes , vira aqui, não ali, devíamos ter virado ali, é por aqui, desce ali, trepa aí essa parede, saí do buraco......era só visto e a malta que vinha connosco com horas marcadas....ke caneco

Acabamos eu e o Gigi a ir por um caminho , o resto da malta com medo foram pela subida dos postes mas já com algum desespero e cansaço, em direcção aos campos dos cavalos lá nos encontramos todos....já nos nossos trilhos e para se exibir um pouco o Gigi brindou-nos com mais um malho fenomenal, mesmo no meio de um lago, coisas já habituais do Gigi.

Entretanto lanchamos em alfena e despedimos-nos da malta do Porto, com intenções do Gigi quisemos ir por um Single-track já conhecido por ele, maldita a hora mais umas paredes que tivemos de subir até casa....

Saímos novamente em S. Migue-o-Anjo e fomos pela estrada até á nossa rica casinha, para um refrescante banho....

Vídeo gravado no marco geodésico com um rico tempo para andar de bike olha vejam quem são os bravos:



A única comunicação com os restantes preguissas foi:

1. Maike pelo telefone, acordei-o....não vou.....

2. Renato pelo telefone, foi trabalhar para o hospital....não posso.....

3.Rui Tavares na churrasqueira...não vou tenho fome.....

Os restantes não sei onde param......

Abraço e assim me despeço de todos vós e até domingo .....para alguns claro....

Quem foram os bravos?

Hoje, eram 9 na matina e o telemovel tocou. Quase que não ouvia pois o barulho do vento na janela era tanto que estava dificil ouvir o telemovel.

Era o Paulo a perguntar se eu ía ou não. Com a chuva que caiu de noite e o vento que se fazia sentir pensei que ninguém se fizesse ao monte....aí bravos!

Para além do Paulo, ouvi ainda a voz do Gil...portanto 2 bravos sei que eram.

Houve mais algum? Quem?

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

..............................................

Aqui se demonstra a contribuição entusiasta da generalidade dos preguissas........

..........................................................................................................
..........................................................................................................
..........................................................................................................
..........................................................................................................

Enfim sem conteúdo, muita parra e pouca uva......

terça-feira, 10 de novembro de 2009

ENGENHARIA PORTUGUESA

Um bom exemplo para reflexão: ( Como trocar uma cámara com 9 Preguissas )
- O retrato da qualidade dos serviços prestados por uma grande parte das nossas empresas.
- O porquê do nome "Preguissas"...


- A quantidade e a qualidade dos recursos humanos disponíveis para uma qualquer eventualidade...

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Domingo dia 08-11-2009

Preguissas presentes: Nem vale a pena referir, são sempre os mesmos, mais um menos um.

O tempo estava cinzento e ameaçador, estava também algum frio, mas não chovia à hora da saída por isso no local combinado encontraram-se 9 Preguissas para mais uma aventura.

Antes de arrancar o nosso Mecaniku faz a revisão a todas as bikes e só após o seu ok é que a Preguissada se faz à estrada, neste caso ao monte.

Kim Diesel à cabeça do pelotão, não sei porquê mas quando salta este elemento para o comando das tropas temos sempre tendência para inclinar para os lados do Castêlo da Maia. Afinal era só para enganar, acabamos por fazer incursão no monte pelo já conhecido "trilho da me...".
Só que desta vez resolvemos virar à direita por "aquela descida" vertiginosa.

Foi o suficiente para o "Je" furar um pneu. Ainda nem 1 Km tinhamos andado em monte e eu já tinha um pneu furado...azar..!
Como é a 2ª vez no prazo de uma semana, a prática já é outra....é ou não é Gil? Lol!
Problema resolvido, há que subir a par dos porcos e derivar novamente à direita para a subida dos aviários (esta também é vertiginosa, só que a subir).

A partir daqui, pronto, que dizer??? Sei que andamos no meio do monte...viemos saír à Trofa e como a lama que vinha agarrada à bike já pesava mais que a própria bike parámos numa area de serviço para pôr o material a brilhar.

Toca a pedalar em direção ao centro da Trofa e virar na nac. 104 em direção a Santo Tirso. Nova incursão no monte, desta vez sem muita certeza pois o trilho não tinha saída...! Oh...afinal era só um sitio bem resguardado do vento, escolhido a dedo pelo Kim Diesel, para efeitos de lanche...Lol!

Como já em resumos anteriores foi dito, a banana continua a ser o fruto preferido dos preguissas, e depois tudo o que se pode fazer com as cascas...Lol!

Barriga cheia, toca a subir mais uma parede, mas desta vez com a "bina" às costas tal era a sua inclinação. Daí até à chegada final no local do costume houve ainda tempo para subir muito e fazer pelo menos uma descida digna desse nome, com todos os Preguissas a abordarem a mesma em boa velocidade mas sempre em segurança.

Largo dos correios em S. Romão do Coronado, o Kim parecia não querer ir sozinho até casa. Eu, Vasco Quelhas, o Marco Quelhas e o Paulo Posta, fizemos-lhe escolta até meio do caminho.

Passagem por casa do Vasco para o entregar em mãos, depois pela minha. À porta de minha casa demorou-se mais porque o Bongo resolveu confraternizar com Paulo...Lol!

Meus amigos, volto a dizer, quem não vai não sabe o que anda a perder...!

Até Domingo, ou antes se houver magusto!



ps_ Paulo acho que o Bongo desconfiou que tens um talho..."dasse, nem uma fatiazinha de fiambre da perna extra me trouxe", deve ter pensado ele...Looool!

ps2_aqui ficam alguns dados estatisticos da volta, referentes é claro, à minha bike, mas as dos outros devem ter dados muito similares:

Distancia: 32,06 Km
Tempo Total: 2H:16M:14S
Media: 14,12 Km/Hora
Vel. Max. Atingida: 43,10 Km/Hora

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Churrasco e afins....

Em relação aos vossos sinceros votos de felicidades e parabéns , agradeço a todos e desejo o mesmo a todos.
Em relação ao churrasco o tempo que se avizinha não é dos melhores e mesmo não me dava muito jeito na sexta, (tenho uma festa da minha afilhada) e como padrinho e pessoa responsável que sou não posso falhar, se vocês quiserem fazer por mim tudo bem, estou disposto a contribuir na mesma, senão fica marcado para outra vez....

Queiram dar o vosso parecer se não for muito incomodo......

Outra coisa importante:

Eu como amante deste desporto e outros que sou, só não vou quando tiver algo de muito importante para fazer, ou se porventura o tempo estiver para "matar" , daí que não necessidade de nós andarmos a gastar dinheiro em mensagens no telemóvel, porque eu vou sempre, sempre, sempre

Abraço a todos

terça-feira, 3 de novembro de 2009

CONVIVIO....

Caros amigos, proponho com toda a amizade que vos tenho um convivio entre os elementos dos "preguissas", este pode ter qualquer forma ou feitio, desde que se possa juntar a malta.

Disponibilizo desde já a minha pessoa, bem como a minha casa para esse convivio caso queiram.

Tendo em conta que o inverno já chegou, proponho o proximo sábado dia 07.10.09 (caso não chova), um churrasco com um pequeno magusto.

Parece que estão alguns patrocinadores (O Talho Posta), com vontade de ajudar neste evento, que vos parece???

Abraço para todos.

PARABÉNS ... 04.11.2009

AO PREGUISSA POSTA;

Que não perca a força nas pernas para andar de bike ( "...nem parece que tem menos 13 anos que o irmão..." ) e que venda muitos bifes...

Muitos empenos, saúde e dinheiro no bolso, são os meus votos.

Já sabes, no Domingo pagas uma rodada de compal no tasco...

( Consegui descobrir o que andas a fazer quando sais ...)
http://www.monfestival.fr/parrainage.php?v=275131ae3e3afce96749138eeb8d9274

( Para vêr o video, clicar em: Rejouer ma video)

"MORFEU"



Morfeu (palavra grega cujo significado é "aquele que forma, que molda") é o deus grego dos sonhos.
Morfeu tem a habilidade de assumir qualquer forma humana para andar bike e aparecer nos sonhos das pessoas como se fosse a pessoa amada por aquele determinado indivíduo. Seu pai é o deus Hipnos, do sono.
Os filhos de Hipnos, os Oneiroi, são personificações de sonhos, sendo eles Icelus (Phobetor), e Phantasos. Morfeu foi mencionado no Metamorphoses de Ovídio como um deus vivendo numa cama feita de ébano numa escura caverna decorada com flores. Possuía uma BTT em carbono da última geração.
A droga morfina tem seu nome derivado de Morfeu, visto que ela propicia ao usuário sonolência e efeitos análogos aos sonhos.
Quando uma pessoa vai deitar-se a outra diz: vá para os braços de Morfeu, significa dormir bem.
Quando uma pessoa sai dos braços de Morfeu, a outra diz : vai andar, significa andar de bicicleta.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Crónica do Gil.....

Uma volta sem Norte

Rezam as crónicas que água mas mesmo muita água inundou Braga. Para os nossos lados, só as lágrimas de quem ficou, uma vez mais, no quente regaço de Morfeu! Outubro já se finou, Novembro começou com um dia assim assim, cinzento como o Dia dos Mortos. Chuva miudinha, ideal para arrefecer os ânimos exaltados de quem, durante a semana, ansiava por ciclar pelos nossos caminhos.

No ponto de encontro habitual lá apareceram os já habituais. Entretanto arribaram três aves raras migrantes de Valongo. Por fim, os já repetentes de S.Mamede - o Maike e o Vasco. Telefonemas de última hora, fomos "buscar" o Mecanicu a casa. Em Portugal dos Pequeninos, uma invenção de minha autoria: na ânsia de mostrar um caminho novo, arremetemos pelo monte abaixo e .... meia volta pessoal que o caminho foi tomado pelas silvas. Primeira assembleia: Pessoal, para onde vamos? Decidiu o Posta: Aeródromo, descida dos Pneus, Covelas, Trofa, Santa Eufêmea. Em Covelas, copiamos parte do passeio com a malta da UCC mas em vez de derivarmos no topo para a direita, ao longo da A3, sob minha sugestão viramos à esquerda. De repente, no fim de uma boa descida, o gasoduto. Biclas pela mão através de uma estreita passagem onde fui atacado uma vez mais pelas silvas. Se no Domingo anterior tinha "visitado" as "piscinas" neste parecia que estava a passar pelo Túnel do Axa: sangue nas beiças,coxas e canelas. "Cabras" montadas, monte abaixo ... e acima. Caminho desconhecido, fixe, depois um já conhecido. No fim, a estrada: F...., Que C...., P... de volta que demos para vir dar 300 mts à frente! Direcção Campo do Covelas. Pelo caminho, avistamos outros tolos: Seriam os Caça Mouros? Lemende, esquerda para a ponte sob o caminho de ferro, Valdeirigo. No fim do caminho, o Vasco "Scott" atolou e obrigou o outro Vasco a atolar. Resultado: De tão f.. que estava, o outro Vasco aplicou dose extra sobre os pedais e .. traque, corrente partida. Paragem forçada para uma vez mais o Mecanicu revelar os seus já famosos dotes. Mas primeiro tratou de dar cabo duma peça fanhosa, azul, made in China, que parecia ser uma chave de descravar correntes. Aproveitamos para retemperar forças, com os já habituais frutos de cor amarela, cujo principal subproduto costuma servir para o outro desporto muito apreciado pelos Us Preguissas ( Ok,Ok esta é de tua autoria, ó Vasco).
Para onde vamos? "Descemos às "febras" e atravessamos para o Monte de S.Gens" sugeriu alguém. Oh, oh, São Gens? Vamos mas é apanhar a subida para o Monte Cabrito, ripostou outro. Pelo caminho, pasme-se, parece não ter havido Koninhas. Aparentemente todos atravessaram o ribeiro de gás a fundo. Lá seguimos para S. Gens. Subida fod..., escorregadia, longa onde quase todos se portaram bem.
Nova assembleia: seguimos para a zona do Down Hill ou descemos por aqui? Descemos por aqui, longa, pedras, regos, pedrinhas, paus, mais regos e pedras e .... furo! Desta vez, na falta do Mecanicu, que como é seu apanágio pregou-nos a quase todos na descida, o Maike foi obrigado a mostrar o pouco de habilidade que tem para mudar câmaras de ar. Porra! Esqueci-me de mencionar que o Vasco King também nos costuma pregar nas descidas. Desculpa lá meu! Prova superada pelo Maike, continuamos. A descer. Novamente a estrada e novamente as mesmas frases: Outra vez! Que p.... de volta para andarmos para trás 300 mts! Lantemil, corte à esquerda junto ao Peça Má. Passagem pela zona do jipe. O pessoal começou a debandar. Chegada ao ponto de partida. Molhados, sujos qb mas muito, muito mais felizes. Brincadeiras de putos na lavagem de algumas biclas, água gentilmente oferecida pelo Posta. Tchau pessoal, p´ra semana há mais! Quanto às aves raras de Valongo, presumo que tenham gostado. O dia continuava cinzento, triste como tudo, reflexo da saudade que nos toca no Dia de Todos os Santos. Quanto ao Morfeu: Não sei nem quero saber! Quero é que o próximo Domingo não demore muito. Nem que chovam pedras!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Rota do Marão

Aqui fica um convite por parte do BTT Alfenense

"Bom dia a todos,
Ontem foi-me proposto participar num passeio à Serra do Marão. O convite é extensivo a todos os betetistas.
O Passeio consiste em partirmos do parque de campismo de Amarante em direcção à Pousada, depois seguirmos até as antenas transmissoras (Sra do Marão).
Nesse ponto faziamos uma pausa para almoçarmos, e de seguida faziamos a descida pelo percurso já conhecido da maioria.
Como o passeio não é de cariz organizativo, ou seja, é de autonomia total, a ideia passa por cada um levar alguma coisa para o almoço e lá no topo da serra fazer-mos uma "patuscada".
A data ainda não está definida, embora se aponte para a altura dos feriados de Dezembro.

Sendo assim, gostaria de saber a vossa opinião, e, se estão interessados em participar."


Cumprimentos

Paulo Miranda

Mil e um charcos e 20 metros sentado no guiador. Ai que já vou….

Domingo, 25 de Outubro:

(8:13 am) Mad Max – “É para ir?”

(8:16 am) Mike – “Sei lá meu, que dizes?”

(8:17 am) Mad Max – “Eu ando aflito com a roupa. Não tenho casaco.”

(8.18 am) Mad Max – “Mas posso vestir o de ontem…”

(8:20 am) Mike – “Vamos lá então”

(8:21 am) Mad Max – “Ok”

E assim foi, dez minutos volvidos e já dizíamos “bom dia” aos preguissas Kim Diesel, Posta, Vasco The King, Mekaniku, Abílio e Gil (as minhas desculpas se me esqueci de algum….) que, ao que parece, já estavam ansiosos por pedalar montanha acima.

Seguimos o líder improvisado “Gil” durante cerca de 5 km que aproveitou logo para fazer aquecer os músculos e a alma do pessoal. Diziam alguns bem lá no fundo do pelotão que ele sabia bem o caminho pois, foi avistado por aquelas bandas durante a semana e, ao que parece, andava a treinar para por os mais “preguissas” a comer-lhe o pó.

Depois de tamanha balbúrdia no peito veio a bonança. Uma descida já nossa conhecida que é feita sempre a fundo e que no final é do tipo “martelada sem sossego”, capaz de deixar o material um pouco torcido e os braços dos “rider’s” bem musculados. O terreno pedregoso e escorregadio, com algumas ratoeiras pelo caminho, dificultava a manutenção do equilíbrio Aqui, a técnica sobrepõe-se à vontade e a máxima atenção é fundamental, não vá o Diabo tecê-las……

Mais umas subidas para alegrar a malta “não sei porquê, mas andamos sempre de costas voltadas para as decidas….” e eis que o insólito acontece quando o “King”, teimoso como uma mula, resolveu brindar o pessoal com um banho de lama que, ao que parece, é altamente recomendado nos tratamentos auxiliares de artrite, artrose, reumatismo e dores musculares, tem um efeito relaxante e não é recomendado para pessoas com pressão arterial baixa.

Para alguns, vinha mesmo a calhar mas, para outros, tamanha ousadia não iria ficar sem resposta.

- Pois não é que o “desgraçado” atravessou um charco que outros nem ousaram molhar as meias branquinhas!!

Ouvia-se em bom tom: -“devia ter para aí meio metro de profundidade”; - “viste à altura que a água levantou?”; -“só podias ser tu ó King.”

Uns metros mais adiante e nova serie sucessiva de charcos. “Vai ser agora” – pensou o “Gil”, e num acto de bravura intempestiva e alguma malvadez, atirou-se à “ceguinho seja eu” para dentro do charco mais próximo do “King “ com o objectivo lhe retribuir, com juros, o banho anterior.

Tal intenção logrou-se um fracasso completo e não podia ter tido um desfecho mais cómico pois, em vez de ficar o “King” molhado, ficou o “Gil” a esbracejar que nem uma Rã em época de acasalamento, dentro do charco e com a”bike” em cima das costas.

Será errado dizer-se que não lhe valeu de nada, ficou com algumas medalhas e com a certeza de que acertou no impermeável.

Chegou a hora do descanso e de restabelecer as imergias. A banana mostra-se cada vez mais o fruto preferido dos” preguissas” pois, para além de ter um alto teor de hidratos de carbono, aproximadamente 20g de açúcar, tem ainda uma excelente casca para por em prática a segunda modalidade preferida dos “perguissas”, o arremesso da casca à árvore. Nesta modalidade que ainda não é olímpica, ganha quem conseguir fixar a casca da banana no ponto mais elevado da árvore. Infelizmente não houveram vencedores nem vencidos, ficando os prémios, gentilmente cedidos pelos nosso patrocinadores ( uma placa de fibrocimento para o 1º classificado; 5 Kg de carne do lombo para 2º e para o 3º o preenchimento, gratuito, da declaração de IRS) para distribuição na próxima semana.

Novamente em cima das “bikes” para mais 15 km, de puro prazer, em terrenos planos bastante acidentados, subidas de cair de costas e descidas de cortar a respiração. E foi numa dessas descidas, por sinal a última que coisas estranhas começaram a acontecer. Em primeiro lugar, paramos no cimo da descida para delinear a táctica. Seria um 4-3-3 ou o clássico 4-4-2 ?

Ficou decidido uma formação em fila indiana para injectar o máximo de adrenalina possível nas veias.

Fui o ultimo a arrancar e logo de seguida obrigado a parar para apertar, passe o pleonasmo, o aperto rápido da roda dianteira. A camaradagem do “preguissa” “Abílio” fez-se logo notar pois ao aperceber-se daquele pequeno percalço, resolveu certificar-se de que tudo estava operacional, aguardando até que eu chegasse à sua beira.

Arrancamos mais decididos porque a distância para os primeiros já era considerável.

A descida era bastante acentuada proporcionando velocidades elevadas de forma quase momentânea. Tinha muita pedra solta, godos e pequenos regos que nos obrigava a escolher bem a trajectória e a segurar firme no guiador.

Foi precisamente isso que o “preguissa” “Abílio” não fez, e viu-se bem atrapalhado quando se sentou no guiador e ali permaneceu, com a roda traseira colada à cabeça, por mais de 4 segundos, tempo suficiente para percorrer uns 20 metros e “chorar” alguns gritos de guerra intermediados por alguns palavrões. “Ai que já vou….”

Não deu para cair mas a tez era pálida e os olhos estavam arregalados. “Safei-me de boa, para a próxima desmonto!”

Dali até casa foram cerca de 5 km a esticar no alcatrão. Não é o que mais gosto de fazer por isso, cheguei em último juntamente com o “preguissa” “Mike”, tal e qual o início da manhã.

Para a semana há mais…..

terça-feira, 27 de outubro de 2009

DASSEEEE......

Gostava de lêr alguma coisa sobre o passeio de domingo....
Vamos ter que pagar para escreverem as crónicas... rsrsrsrsrsr

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

ALERTA

Durante estes últimos tempos, tenho dado especial atenção às pandemias, e consequentemente, tenho lido alguns artigos sobre as mesmas. Além da H1N1, chamou-me especial atenção um artigo sobre um vírus denominado "preguiça" que se começou a manifestar em Portugal nos últimos meses.
Os doentes apresentavam alguns sintomas fora do comum e raramente observados, alguns destes sintomas manifestam-se frequentemente na época do frio e outros durante todo o ano.
Um dos sintomas descritos, é uma sensação de frio que se manifesta na maior parte das vezes aos domingos de manhã, fazendo com que as pessoas não se levantem para fazer seja o que fôr, recusam-se mesmo a andar de bicicleta, quando está chuva ou frio.
Outro dos sintomas e consequente do anterior, é um envelhecimento precoce das células da epiderme e uma falta de mobílidade nas articulações dos meios superiores, nomeadamente ao nivel dos dedos, algumas pessoas infectadas, deixaram mesmo de poder escrever e teclar ao computador. Também foram descritos nalguns doentes falta de iniciativa, falta de interesse e uma apatia geral.
Estudos recentes, recomendam para combater este vírus, uma vacina recentemente importada do Japão, amplamente testada em macacos e com resultados muito satisfatórios, no espaço de cinco meses os macacos vacinados começaram a andar de bicicleta e alguns com mais aptidões a escrever artigos e a publicá-los na net.
As autoridades sanitárias, solicitam às pessoas que possam apresentar os sintomas acima referidos, que se dirijam ao centro mais próximo para serem vacinadas.
Nota: Se alguém enfiar o capacete, não é para ofender, é para espicaçar...

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Ke tal.....????????

Temos bikes para todos os gostos....

ATENÇÂO:

Não quero ferir susceptibilidades, nem falo em nomes , somente quero manter a chama acesa...












____________________________________________________________
1.Bikes para aqueles que nunca estão em concordância com o grupo
2. Bikes para aqueles que não gostam de molhar o rabinho....
3.Bikes para o pessoal que gosta de dar broa e que tem pernas para andar......
4. Bikes para aqueles que gostam de descanso e pouca actividade física...
5. Bikes para aqueles que o asfalto junto do nariz não é novidade......
Espero ter contribuído para um melhor serão em frente ao computador para todos vós, pelo menos gosto de ou asneiradas ou coisas sérias pelo menos digo alguma coisa.....
Forte abraço
Lá nos encontramos domingo, atenção que vai estar tempo de chuva , daí que impermeáveis em acção.....

terça-feira, 20 de outubro de 2009

ANTI-DESISTÊNCIAS

Electric Bike

Se estás à procura de uma bicicleta eléctrica ecológica de qualidade, robusta, inovadora com um design moderno,e que te ajude nos trilhos, podes visitar o site http://www.electrics-bike.com/.
Esta marca conta com um um sistema de tracção situado ao nível do pedaleiro que proporciona mais potencia (93 Nm), menos esforço e maior equilíbrio da bicicleta.
A gama Electric Bike foi concebida para todo público ( preguiças íncluídos) e permite atingir os benefícios e prazer do ciclismo tradicional mas com a vantagem de controlar o próprio esforço através dos diversos níveis de assistência eléctrica.
Os preços desta marca começam nos 899 euros e todas as bicicletas partilham do motor de 200 watts, com cerca de 50 km de autonomia ( dá para um domingo de manhã ) e que demora entre 4 a 6 horas a recarregar. Recordamos que as bicicletas eléctricas não necessitam de carta, seguro, nem capacete (mas capacete sempre aconselhado) e permitem uma deslocação sem poluição.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Esclarecimentos Públicos

Venho por este meio solicitar uma reunião urgente com a preguissada em geral ou pelo menos aqueles que poderem e quiserem comparecer para debater alguns assuntos tais como:



1. O que leva os preguissas a faltar tanto aos nossos convívios e passeios....



2. O que leva ao amuo de alguns....



3. O que leva o desagrado pelos trilhos que escolhemos....



4. O que sai na comunicação social sobre nós....



5. O rumo que queremos para o grupo....



6. Entrada na época baixa de participações que é o Inverno...



7. Saber dos elementos que retornam em Julho....



Penso que está elaborada a ordem de trabalhos , para um melhor esclarecimento de todos os elementos o que se passa internamente.



Durante a tarde de ontem chegou-me ás mãos um jornal, que se diz um jornal responsável , coerente e isento com notícias sobre nós, que devemos-nos debruçar sobre elas e tirar ilações....

`

Já agora como é possivél num grupo cerca de 15 elementos , pelo menos dos elementos antigos, ontem comparecerem 8 no local habitual, saírem 8 , a meio ficarmos sem dois deles , na recta final desaparecerem mais dois e no fim chegarmos a S.Romão 4 elementos, 50% de desistências.....isto não anda bem......rsrsrsrrs



Em relação á volta de ontem só tenho a dizer uma coisa, quem está está ,quem não está que estivesse......ahahaahha

Apareçam que nínguem vos come e nem vos quer mal.....

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Uma volta suave...

Foi o solicitado para a primeira incursão dos Ucc's, com os Preguissas, em trilhos de monte...

Manhã com sol e calor, 14 Preguissas deram as boas vindas a 6 Ucc's, para partilharem os trilhos e experiências de pedalar no monte, ( habitat natural dos Preguissas ). A maior parte dos estradistas montava Btt's com equipamento da primeira geração, e o que faltava em tecnologia sobrava em vontade, boa disposição e força nas pernas.

Saímos então para uma volta "suave" e como aperitivo, umas ligeiras rampas em Covelas, nada de complicado, tendo em vista a recompensa, que era fazer uma descida já conhecida e reconhecida por todos como espectacular, com dose de adrenalina qb. Feitas as recomendações aos iniciados, a descida fez-se sem quedas mas com alguns sustos, o piso molhado e escorregadío a isso obrigou, no final da mesma a travessia de um afluente do rio Ave.

Entretanto, um dos Preguissas da família de um Acácio, e com a mesma doença, lembrou-se de sugerir a passagem para os montes da Trofa, e lá se foi a suavidade, na primeira subida os parafusos de algumas bikes começaram a ranger, e os primeiros rsrsrsrsrss... faziam-se ouvir. Com a determinação necessária e mais um ranger, agora de dentes, a coisa fez-se e no final mais uma assembleia para chamar nomes ao(s) culpado(s), isto não se faz a quem vem pela primeira vez.


Mas como do outro lado da subida há quase sempre uma descida, depressa o sacrifício foi esquecido, esta ainda mais espectacular que a anterior, foi feita por quem pôde a velocidades estonteantes. Alguns correram riscos desnecessários, tal a velocidade, uma queda nestas circunstâncias e a visita ao hospital era garantida, ( isto é para o King e para o Mecaniku ) assim se pode estragar uma manhã de convívio, vi-os passar e só não caíram por sorte e alguma habilidade, há que ponderar os riscos, meninos...


No final, uma pausa para o lanche e para trocar impressões sobre a descida, também sobre a continuidade do passeio: Subimos muito ou pouco, eram as opções; optou-se por uma subida fod... alguém se queria "vingar" do domingo anterior, esta subida com 2.5kms, tem algumas rampas de cair para trás e deixou marcas nalguns. Do outro lado mais uma descida para compensar, entrámos então em caminhos planos junto aos campos de milho e com destino traçado - Tasco em Lantemil. Antes e para acentuar o sacrifício, um caminho cheio de bosta, (merd...) que se colou às bikes e aos sapatos, Como volta de boas-vindas, não poderia ser melhor...

Umas minis, umas receitas e umas fêveras, foi o retemperar das forças, depois do violento esforço, alguns por causa do cheiro a bosta, não entraram...

Para finalizar, o regresso ao Seixinho com mais uma subida longa, a fazer desmembrar o pelotão, e duas correntes partidas, de vez em quando convém olear as correntes...

Como passeio de iniciação, foi um bocado puxado, tendo em conta as montadas de alguns e a inexperiência, por outro lado transmitiu a verdadeira essência do Btt, nas suas várias vertentes, tendo como ponto alto o banho de bosta... Sejam bem-vindos ao nosso mundo.


quarta-feira, 7 de outubro de 2009

17 PREGUISSAS

E ainda só 4 se manifestaram em relação a inscreverem-se na UCC.
Sendo assim penso que o melhor será: Quem estiver interessado, inscreve-se e pronto.
Ainda há liberdade de expressão, de escolha, e liberdade para ser livre.
Isto da democracia muitas vezes não funciona...

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Etapa da Volta...2009

Estimados Preguissas,

Faço o convite para vêrem este sítio...

http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Dia-de-descanso-na-Volta-dedicado-ao-cicloturismo.rtp&headline=20&visual=9&tm=3&article=269904

No dia do descanso da volta á Portugal a UCC participa sempre com alguns elementos que antecipadamente se inscreveram. É sempre giro vêr a malta na RTP1.

Vejam a receita do Camposa....Lol.

Referendo dos Preguissas...

Boas

Como isto está na moda aqui está a pergunta do referendo preguissal:

O que acharam da proposta do pessoal da UCC, sim ou não?

Este tópico serve para avaliar e analisar os interesses e vontades dos preguissas em geral.
Gostava que todos os preguissas debatessem este assunto , pois é do agrado de todos, penso eu....quando digo a todos digo mesmo a todos aqueles que gostam de se manifestar sempre e aqueles que é só duas vezes por ano.

Eu já que estou com a mão na massa e pelo que conheço de ambas as partes a minha opinião é que sim, não deixa de ser uma ideia engraçada, socialmente benéfica , em prol do desporto e com a vertente de quem quiser fazer estrada faz , se não faz monte, é á vontade do freguês....

Façam o favor se não for muito incomodo expressem alguma coisa

Forte amplexo

domingo, 4 de outubro de 2009

Analogias...

Tempo de Outono, bom para andar de bicicleta, pouco calor e uma brisa fresca para suavizar o esforço. Encontro no café S. Romão com a outra espécie de ciclistas, os de estrada, 8 ou 9 estradistas e 6 Preguissas do monte arrancaram em direção à Povoa do Varzim, primeira volta de confraternização entre estas duas espécies.
A espécie do monte, com as suas bikes todo o terreno, 2 delas kitadas para incursão na estrada, partiram com a mesma filosofia de sempre, vamos com calma e ao mesmo tempo observar o comportamento da outra espécie, por norma mais nervoso e explosivo. Em estrada o comportamento é diferente, as próprias bikes a isso induzem, as reações são rápidas e precisas, tipo Fórmula1.
As bikes do monte, algumas a pesarem o dobro das primas, lá as acompanharam a bom ritmo, que isto de andar na estrada é um bocado diferente, mas o que é preciso é pernas. De qualquer maneira nós podemos andar com as primas no seu terreno, as primas é que não nos podem acompanhar no monte.
Algumas das primas ( bikes ) são uma espécie de "socialites" que para emagrecerem 100gr. pagam fortunas, muito botox, carbono e mesmo algum silicone para tapar algumas rugas. Têm um ar convencido e vaidoso, mas é a sua natureza, finas, elegantes e bem parecidas, mas não deixam de ser família.
Quanto ao passeio, acho que tudo correu bem, chegámos à Povoa, lanchámos, bebemos umas minis e apreciámos as belezas que a beira-mar nos oferece. O retorno não foi feito na totalidade por mim e pelo Gil, logo não tenho conhecimento do total do percurso, mas penso que correu tudo bem.
Uma palavra de solídariedade a todos os montadores destas espécies de bikes que muitas vezes passam sacrifícios e privações várias, para as manterem em forma e com boa aparência.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Resultado da reúnião com os UCC.....

Para além de umas minis bem bebidas, o convite era alargado a todos "us preguissas" para uma incursão na associação UCC que para além de boa gente gosta de pedalar e gostava muito de arriscar umas voltas pelo monte, já que vamos para o Inverno e é mais agradavél.

Nada mais do que umas vezes vamos com eles e outras eles vêm connosco , ou cada um vai onde quer.....

Contra partidas á uma jóia de 10€ por mês , que não deixa de ser uma quota para a associação, que depois serve para umas deslocações tanto nossas como deles, visto eles terem uma carrinha que leva 10 bikes e sete homens, para o gasóleo se for preciso se alguém levar carro, para um lanche para os associados, etc, uma associação não deixa de ser uma grupo , mas é um grupo organizado.
Existe também a vertente de antecipação que é : paga-se 70 € têm-se direito a um equipamento completo de inverno/ verão e com a vantagem de 7 meses de quotas pagas, não deixa de ser uma salva guarda de aqueles que vão duas vezes e não aparecem mais e ficam com o equipamento de borla, finos.....

Enfim daquilo que presenciei é uma situação interessante e que revela algum sentido de responsabilidade visto que para além de muitas coisas está previsto ( já foi falado com o presidente Ramos), está previsto terem uma sede da associação nas futuras instalações da junta de S. Romão

Agora está marcado para domingo um pequeno passeio de estrada, coisa pouca, para melhor esclarecimento e convívio entre todos que é o nosso principal objectivo....

Por isso se gostas de andar de bike, gostas da animação brava, de aventura, de gajas boas, e de praticar desporto saudavél aparece ás 8 em ponto no domingo no café S.Romão "us preguissas" lá estarão para te prestar apoio e inter-ajuda democrática.....

Grande abraço
Ocorreu um erro neste dispositivo